Você é um(a) psicopata? Faça o teste!



Vivemos numa sociedade que a cada dia temos menos pessoas com tolerância às diferenças e aos comportamentos alheios. Dessa forma, é cada vez maior o número de pessoas individualistas, que pensam somente em si e suporta cada vez menos o convívio social. Essa situação torna-se ainda mais grave nos casos das pessoas que têm um padrão de comportamento em sua personalidade que envolve, fundamentalmente, a insensibilidade às emoções alheias, em especial ao sofrimento. Uma característica fortemente marcante nessas pessoas é a indiferença à ética, à empatia, a normas sociais sobre convívio. A mente dos psicopatas tem sido estudada nas últimas décadas pelo fato de sucessivos surgimentos de psicopatas que matam, não somente uma pessoa, mas também matam em série. Ainda assim devemos considerar que um psicopata não é somente aquele que mata diretamente, há diversos psicopatas que simplesmente não matam, mas conseguem destruir a vida de uma pessoa ou família.

É importante destacar que em todo o mundo há cada vez mais o crescimento da intolerância, da individualização e da constituição de grupos que procuram se diferenciar, onde cada um cria seu universo particular e procura viver suas próprias regras em detrimento dos outros. Em todos esses contextos vamos encontrar pessoas que têm passaporte, nível superior, CHN… Todas elas estão inseridas nesse contexto e sujeitas aos mesmos efeitos dessa individualização tão valorizada nos dias de hoje. Somado se a esta questão, consideraremos que cada pessoa tem uma percepção, uma interpretação para os comportamentos e a partir daí pode se tornar ator de qualquer ação, baseada em suas próprias regras. Em todos os casos, o ideal é que as pessoas busquem ajuda para si ou para pessoas de seu convívio nos casos em que questões dessa ordem estejam presentes.

Teste para saber se você é psicopata

Esse teste é muito usado nos Estados Unidos em detentos que mataram em série e, o mais surpreendente, é que a maioria acertou.
Será que você pensa como um psicopata também?

Vamos ao teste!


Uma garota, durante o funeral de sua mãe, conheceu um rapaz que nunca tinha visto antes. Achou o cara tão maravilhoso que acreditou ser o homem da sua vida.

Apaixonou-se por ele e começaram um namoro que durou uma semana.

Sem mais nem menos, o rapaz sumiu e nunca mais foi visto.

Dias depois, a garota matou a própria irmã.


A pergunta é: Qual o motivo da garota ter matado sua própria irmã?

Pense bastante! A resposta será revelada no final deste post.

Continuando, os psicopatas agem sozinhos para evitar que sejam denunciados, pois não podem confiar em comparsas como num assalto em grupo. Eles simplesmente tem o prazer de matar, fazer as pessoas sofrerem, enganar e também destruir a vida de uma pessoa a ponto dela cometer suicídio, portanto, cuidado! Há vários tipos de psicopatas, como havíamos falado, não é somente aquele que mata.

Psicopatas famosos

Um dos psicopatas mais famosos foi o Jack Stripador, que deixou muitas vítimas em estado deplorável, e isso ocasionou pânico por toda a Europa e principalmente na Inglaterra. Jack Stripador atacava principalmente à noite e todas as suas vítimas eram mulheres. Até hoje não sabem quem foi Jack Stripador, mas acusam o grande pintor Walter Sickert (segundo Patrícia Cornwell) é o autor de todos os ataques. É difícil dizer quem foi o assassino, pois Jack Stripador começou seus ataques em 1888 e todos nós sabemos nessa época não existia nem identificação por impressões digitais.

Outro psicopata que ficou famoso no século passado foi Ted Bundy e esse além de ter matado muitas mulheres também era “bonito” e possuía capacidade em enganar os jurados de seu julgamento com seus belos discursos, mas foi eletrocutado mesmo assim.

Os psicopatas passam a maior parte do tempo planejando agir para atacar suas vítimas, mas alguns agem instintivamente, sem planejamento algum, há casos em que são tão manipuladores que todos pensam que eles são bonzinhos e amáveis.

Atitudes dos psicopatas

Se você acha uma pessoa normal em todo o momento, isso pode significar que ela realmente não é normal. Ninguém é normal demais, as pessoas possuem defeitos, crises etc. Se uma pessoa se faz muito de coitadinha, desconfie, se uma pessoa fala muito bem de você ou puxa seu saco também, desconfie. Os níveis de psicopatas são vários, não é somente o que mata diretamente a pessoa que é um psicopata, mas sim aqueles que conseguem destruir a vida de outras pessoas. No caso você pode perder seu emprego, sua empresa pode falir justamente pelo motivo de você não ter descoberto quem ou grupo de pessoas que pode ter contribuído para sua empresa falir ou que moveram esforços para você ser demitido de uma empresa por exemplo.

Agora a resposta do teste.
Será que você é psicopata?

Clique e descubra:


Se você se interessa pelo assunto, recomendo ler os seguintes livros:
  • Mentes perigosas - o perigo mora ao lado, de (Ana Beatriz Barbosa Silva)
  • Psicopatia, de (Sidney Kiyoshi Shine)

Fonte: Patrícia Cornwell

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários :

  1. Não sei, mas creio ser perigoso responder a testes assim, pela invalidação metodológica do teste sugerido (pelo menos no Brasil, não é reconhecido pelo CFP - Conselho Federal de Psicologia).
    Pela minha experiência, não recomendaria os livros que citou. Há um livro excelente de um psicopatologista bem conhecido onde moro: 'Psicopathologia', do Francisco Martins. Talvez ele explique melhor o que seria a psicopatia - e eu te digo, não é bem como esses livros que citou explicam.
    ;) Podemos trocar algumas ideias depois sobre o assunto, se quiser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade esse teste é uma brincadeira que já existe há algum tempo pela internet, e juntei ao texto. ;)
      Em relação aos livros, eu tinha errado os nomes, na verdade são apenas dois livros. (já corrigi)
      "Psicopatia", de Sidney Kiyoshi Shine, que explica esse transtorno da personalidade, que é a psicopatia.
      E o "Mentes Perigosas: o psicopata mora ao lado", que na minha opinião é uma boa leitura, a autora utiliza uma linguagem simples, descrevendo perfeitamente relacionamentos que algumas pessoas vivem. Mostra como existem pessoas tão perversas, muitas vezes a nossa volta, e nem percebemos, ou as vezes percebemos tarde demais.
      E claro, podemos conversar sobre o assunto sim :)

      Excluir
  2. Eu acertei a resposta '-' Já ouvi falar nesse teste e já li sobre psicopatas também. Praticamente qualquer pessoa pode ser um psicopata. Eles nunca levantam nenhuma suspeita.
    Mas nem todo psicopata é perigoso, existem muitos por ai que não fazem mal a ninguém.
    the-paradiise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Se você não tiver conta de identificação, para não sair anônimo, não esqueça de colocar o seu nome.

Obrigada por comentar!

Fan Page!

Twitter




Faça Parte!

Arquivos