O amor da sua vida já chegou




Sabe, se eu fosse você não esperava mais o homem ou a mulher da sua vida. Aquela pessoa bonita, inteligente, charmosa, bem educada e que gosta de cuidar dos pais. Esse é o homem perfeito. E o homem perfeito tem chulé. Essa é a mulher perfeita. E a mulher perfeita não entende suas ironias. Nem aquela pessoa que gosta das mesmas músicas que você, opina no seu guarda-roupa, repara quando você está triste e te indica um bom clínico geral. Se ele for homem, provavelmente é gay. Se for mulher, sem dúvidas te considera só um bom amigo.
Essa pessoa vai aparecer aí qualquer dia desses. E não vai ser do jeito que te ensinaram a esperar, nem como acontece magicamente nas comédias românticas ou como se conheceram seus avós. Você entende, não entende? Histórias como as do cinema acontecem na proporção que seu vizinho ganha na Mega-Sena. Vocês se esbarrariam por acidente em alguma seção do supermercado, você comprando sushi e vinho, ele, duas caixas de cerveja e amendoim – ou vice-versa. Oi, você! Quanto tempo! Nossa, é mesmo! Como você está linda! Meu Deus, como você emagreceu! E pirlimpimpim. No dia seguinte ele te liga, te leva para jantar, se dá conta que a vida é muito mais legal ao seu lado e na velocidade de um cometa Halley vocês moram juntos, noivam e se casam. Não. Não vai ser assim. Pode ser assim. Mas é mais fácil não ser.

Essa pessoa não vai chegar de repente, ela vai chegar devagar. Ela não vai chegar para te dar susto, e sim para te acalmar. De todos os problemas, aflições e dificuldades. Essa pessoa vai simplesmente, sem poréns, te compreender. Não vai chegar para te levar às alturas, como paixões loucas que nos fazem sofrer, perder a fome e nos morder de ansiedade numa sexta feira à noite. Ela vai te ensinar a não ter medo de altura. Ensinar que paixão não é amor. Amor é amor e isso basta. Mais do que isso não será necessário explicar. E você vai naturalmente acreditar. Assim, amar vai te dar uma fome surreal de viver.

Não, por favor, desista. É mais provável que não seja aquele seu caso antigo, arrependido, pedindo para voltar. Se ele foi embora, ele teve motivos. O amor da sua vida vai ter muitos motivos para te deixar. Ô… Vários! A cada TPM, chilique desnecessário, quatro horas na mesma loja do shopping. E você também, ao ver a toalha dele em cima da cama, a tampa da privada levantada, o futebol de quarta. Você, provavelmente pensará diversas vezes o quanto é difícil conviver e gostar. Mas, é que se for para ir embora, se for realmente verdadeiro do início ao fim, vocês vão embora juntos.

Enquanto isso, enquanto ele ou ela não vem – se vem – você aprende entre amores e desamores: o grande amor da sua vida é você.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários :

Fan Page!

Twitter




Faça Parte!

Arquivos